Central Balkan National Park

Fonte: http://www.panparks.org/visit/photo-gallery/central-balkan-national-park

País:

Bulgária.

Localização:

O parque situa-se na secção mais elevada das Montanhas dos Balcãs, também chamada de Península Balcânica. A sua extensão, com cerca de 85 km, atravessa o país de Este a Oeste.  

Área:

71669 Hectares.

Número de visitantes por ano:

60000

Informações:

http://www.centralbalkannationalpark.org/

(A Bulgária possui também o Rila National Park, o Central Balkan situa-se no centro do país)

 

O Central Balkan National Park é o coração da Bulgária com uma enorme variedade de lugares selvagens a visitar e muitas aventuras para fazer. Possui a maior queda de água da península, o pico montanhoso mais alto dos Balcãs e a caverna mais profunda da Bulgária. É um dos parques europeus que engloba a rede europeia Pan Parks, como um parque que promove uma gestão sustentável e uma protecção adequada da sua área selvagem, garantindo o conceito de turismo sustentável. Possui a maior população de ursos castanhos e a maior área protegida de faias na Europa. Com uma rede de percursos pedestres para explorar a região, com as suas centenárias florestas e os antigos mosteiros e fortalezas ortodoxas, o parque é de visita obrigatória.

 

O que ver:

Florestas centenárias de Faias

Fonte: http://www.panparks.org/visit/photo-gallery/central-balkan-national-park

 
Montanhas

Cumes elevados contrastam com vales profundos e cavernas. O ponto mais elevado do parque situa-se a 2376 metros chamado de Botev.

Fonte: http://www.panparks.org/visit/our-parks/central-balkan-national-park

 
Formações Rochosas

Fonte: http://www.panparks.org/visit/photo-gallery/central-balkan-national-park

 
Cavernas

Possui a caverna mais profunda da Bulgária denominada Raichova Dupka e ainda a maior caverna aquática do país denominada - "Kumanitsa".

 
Quedas de água

O parque possui as três mais altas do país: Raiskoto Praskalo (125 m), Vidimskoto Praskalo (80m) e Kademliyskoto Praskalo (72m).

Fonte: http://www.panparks.org/visit/photo-gallery/central-balkan-national-park

 
O nascer e o por do Sol

Por alguma razão os bulgaros chamam a região “As Montanhas do Sol Nascente”.

 
Fortalezas Ancestrais

O parque possui uma variedade de antigas fortalezas, estradas, torres de vigia e castelos medievais.

 
Mosteiros

O mais famoso situado no parque é o Mosteiro Troyan do Século XVII.

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Troyan_Monastery

 

O que fazer:

 

Caminhadas

O parque possui mais de 670 km de trilhos, desde caminhos curtos e fáceis nas montanhas, até percursos que levam ao cume das montanhas que podem durar vários dias.

Fonte: http://www.panparks.org/visit/photo-gallery/central-balkan-national-park

 
Birdwhatching

O parque possui mais de 123 espécies de aves, algumas raras no mundo.

 
Festivais

As aldeias de montanha preparam-se para festas tradicionais, como o Festival das Rosas. Passando ainda pelo festival da Batata no Outono. 

 

Mais informações: http://www.panparks.org/visit/our-parks/central-balkan-national-park/what-to-do

 

Onde ficar:

 

Family Hotel Skandalato

Fonte: http://www.panparks.org/visit/our-parks/central-balkan-national-park/accommodation-services/family-hotel-skandalato

 

 

É uma  casa restaurada originaria do ano de 1896, transformada num hotel familiar. Situada no coração de Stara Planina, na aldeia de Skandaloto, a 15 km da cidade de  Troyan. O Mosteiro Troyan fica a 10 km. 

 

Informações: http://www.skandalotobg.hit.bg/

 

Fonte: http://www.panparks.org/visit/our-parks/central-balkan-national-park/accommodation-services/family-hotel-skandalato

 

Rila National Park

 

Fonte: http://www.touristspots.org/rila-mountain-ranges-bulgaria/

 

 

País:

Bulgária.

 

Localização:

Localiza-se a 100 km da capital Sofia, na região das montanhas Rila, na parte sudoeste do país.

 

Área:

81046 Hectares.

 

Número de visitantes por ano:

55654

 

Informações:

http://www.rilanationalpark.bg/?lang=en

 

(a Bulgária possui também o Central Balkan National Park, sendo o Rila o situado na região mais sudoeste do país)

 

É o maior parque nacional da Bulgária, mais um da rede europeia PAN PARKS, alberga espécies selvagens raras e ameaçadas, ecossistemas de elevada diversidade biológica, bem como lugares históricos de importância cultural e científica. Alguns dos principais rios da zona dos Balcãs tem origem nas montanhas Rila. O próprio nome “Rila” deriva da palavra “Roula” que significa muita água.

O parque nacional possui sete lagos, cujos nomes foram dados de acordo com a sua forma específica.

(Tear, Eye, Kidney, Twin, Three Leaves, Fish e Beneath).

Percorrer a pé o parque é como voltar atrás no tempo, com a sua paisagem marcada por vestígios da Idade do Gelo, com muitos lagos glaciais esculpidos em muitos vales.

O ponto mais alto do parque – o monte Musala é atingido por trilhos de montanha, situando-se no coração de um dos mais selvagens ecossistemas de montanha, onde o urso e o lobo vagueiam, sendo muito raro o seu avistamento.

Uma viagem ao Mosteiro de Rila recomenda-se para visitar um dos maiores tesouros culturais da Bulgária.

 

O que ver:

 

Picos montanhosos – mais de 100 acima dos 2000 metros.

Fonte: http://www.travelgrove.com/blog/travel-planning/hiking-in-the-balkans/

 

Lagos glaciais – mais de 120 permanentes e os “Sete Lagos de Rila”.

Fonte: http://www.panparks.org/visit/our-parks/rila-national-park

 

Longos Rios – muitos dos rios da região nascem nas montanhas do parque.

Fonte: http://www.panparks.org/visit/our-parks/rila-national-park

 

 

Florestas antigas – Árvores com mais de 90 anos.

 

 Plantas medicinais – mais de 150 plantas medicinais encontram-se no parque.

 

Sítios arqueológicos – sítios da época romana.

 

Nascentes termais.

 

Mosteiro de Rila – o mais famoso mosteiro da Bulgária.

Fonte: http://www.sacredland.org/rila-monastery/

 

O que fazer:

 

Observação de aves.

 

Pedestrianismo.

Fonte: http://www.panparks.org/visit/our-parks/rila-national-park

 

 

Uso das nascentes termais.

 

 

Apanha de cogumelos. 

 

Aventuras no parque:

 

Subir ao pico Maljovica.

Fonte: http://www.panparks.org/visit/our-parks/rila-national-park

 

Observar as espetaculares paisagens naturais dos vales intocáveis da região.

Fonte: http://www.panparks.org/visit/our-parks/rila-national-park

 

Percorrer o trilho do pico Medarnik

 

Visitar o Mosteiro de Rila

 

Alojamento

 

Hotel de família Djambazki

Fonte: http://www.panparks.org/visit/our-parks/rila-national-park/accommodation-services/family-hotel-djambazki

 

Um hotel familiar que mantém os  costumes populares e as tradições locais vivas, localizado num vale encantador,  a poucos passos do Parque Nacional.

Informações: http://www.govedartsi.com/

Fonte: http://www.panparks.org/visit/our-parks/rila-national-park/accommodation-services/family-hotel-djambazki

 

Pousada Orlovi Skali

 

Fonte: http://www.panparks.org/visit/our-parks/rila-national-park/accommodation-services/guesthouse-orlovi-skali

 

Uma pousada para os amantes da natureza, pacífica e tranquila.

Informações: www.orloviskali.com/

Fonte: http://www.panparks.org/visit/our-parks/rila-national-park/accommodation-services/guesthouse-orlovi-skali

 

 

7 de Janeiro de 2012

Parque Nacional de los Picos de Europa

 

Fonte: http://www.paddleinspain.com/asturias-picos-de-europa-d-13.php

 

 

País:

Espanha.

Localização:

O Parque Nacional está situado na parte norte do país, nas províncias de Asturias, León e Cantabria.

Área:

64660 Hectares.

Informações:

http://reddeparquesnacionales.mma.es/parques/picos/home_parque_picos.htm

http://www.asturiaspicosdeeuropa.com/v_portal/apartados/pl_basica.asp?te=2871

 

Fonte: http://reddeparquesnacionales.mma.es/parques/picos/guia_localizacion.htm

 

É o parque nacional mais antigo de Espanha, composto por uma cadeia de montanhas calcárias, com picos elevados e muitos lagos. É uma importante área de vida selvagem, lar de lobos e ursos, estando incluído na Rede Mundial da UNESCO, como Reserva da Biosfera. O parque abriga mais de 100 espécies de aves, entre as quais o pica-pau preto e a águia dourada. Mas o parque é muito mais do que paisagens, são séculos de história escritos nas aldeias, nos vales, nas igrejas e nos seus caminhos.

O parque é um cenário maravilhoso para caminhadas e montanhismos!

 

Atrações turísticas

 

Cangas de Onís

Cidade que foi capital das Astúrias, a ponte romana sobre o rio Sella é de visita obrigatória, assim como a capela de Santa Cruz. A cidade tem uma grande variedade de lojas, bares restaurantes e hotéis. 

Fonte: http://objetivomurcia.laverdad.es/fotos-mari-jose-martuanez-catchot/puente-romano-cangas-onis-cruz-236771.html

 

Covadonga

Local histórico da batalha com o mesmo nome. Localiza-se num vale verdejante, com a sua catedral a merecer uma visita, assim como uma caverna sagrada e uma queda de água. Covadonga tem muitos bares e hotéis e é a porta de entrada no parque! 

Fonte: http://migueleloi4.no.sapo.pt/Picos%20da%20europa/slides/Covadonga.html

 

Lagos Ercina e Enol

Fonte: http://migueleloi4.no.sapo.pt/Picos%20da%20europa/slides/Lago%20de%20Enol%20(Covadonga).html

 

Arenas de Cabrales

Cidade que é outra porta de entrada para o parque. É famosa pelo queijo e possui o Museu do Queijo. É o local de partida para percursos pedestres.

Fonte: http://perviyao.blogspot.com/2008_12_01_archive.html

 

Bulnes

Pequena aldeia de montanha, situada num vale profundo do maciço central e pode ser alcançada através de percurso pedestre ou de funicular de Poncebos.

Fonte: http://rhimplin.obolog.com/fotos/ruta-poncebos-bulnes-856142

 

Sotres

Aldeia a 1000 metros de altitude, possui magnificas vistas de montanha. Ponto de inicio de vários percursos pedestres.

Fonte: http://www.foropicos.net/foro/viewtopic.php?t=11317

Caín

Aldeia ribeira na parte sul do parque.

 

Igreja de Santa Maria de Lebeña

Fonte: http://mardosca.blogspot.com/

 

Potes

A principal cidade do lado da Cantabria, é uma porta de entrada para o parque. Merece uma visita o mosteiro de Santo Toribio de Liébana.

Fonte: http://www.panoramio.com/photo/766617

 

Fuente De

O teleférico de Fuente De leva-nos até aos 1800 metros. A estação no topo é ponto de paritda para muitos passeios e possui umas vistas excepcionais !

Fonte: http://zaragozaciudad.net/correveidile/

 

Percursos Pedestres

As opções são ilimitadas ! Passeios tranquilos pelo vale, percursos com desfiladeiros, picos elevados com grandes subidas e descidas ! Circuitos de alta-montanha de vários dias com recurso à rede de refúgios que o parque possui.

Fonte: http://gastandosolaphotos.wordpress.com/2008/05/23/picos-de-europa-58/

Fonte: http://montanhismo.blogspot.com/2006/04/excurso-aos-picos-de-europa-seco-de.html

 

Lista dos percursos de pequena rota:

PR-PNPE 1: RUTA DE FRASSINELLI

PR-PNPE 2: LAGOS DE COVADONGA

PR-PNPE 3: RUTA DEL CARES

PR-PNPE 4: VEGA DE ARIO

PR-PNPE 5: BUFERRERA - ORDIALES

PR-PNPE 6: VEGA DE ORANDI

PR-PNPE 7: LA JOCICA - BEZA

PR-PNPE 8: DEMÚES - LOS LAGOS

PR-PNPE 9: SOTO - VEGABAÑO

PR-PNPE 10: PUEBLOS DE SAJAMBRE

PR-PNPE 11: PANDERRUEDAS-POSADA DE VALDEÓN

PR-PNPE 12: VEGA DE LLOS

PR-PNPE 14: MONTÓ (VALLE DE PRADA)

PR-PNPE 15: SENDA DEL MERCADILLO

PR-PNPE 17: ENTORNO DE TRESVISO

PR-PNPE 20: MONTE CAMBA (TIELVE-SOTRES)

PR-PNPE 21: VEGA DE URRIELLU

PR-PNPE 22: PEÑA OVIEDO (EL CABLE-MOGROVEJO)

PR-PNPE 23: HORCADOS ROJOS

PR-PNPE 24: PUERTOS DE ÁLIVA

PR-PNPE 25: VEGA DE LIORDES

PR-PNPE 26: HAYEDO DE LAS ILCES

PR-PNPE 27: BREZ-CANAL DE ARREDONDAS

PR-PNPE 28: MACIZO DE ÁNDAR

PR-PNPE 30: URDÓN-TRESVISO

Rotas de alta montanha:

PR-PNPE 16: COLLADO JERMOSO

PR-PNPE 18: JOU DE LOS CABRONES

PR-PNPE 19: CANAL DE CAMBURERO

PR-PNPE 29: PASÁ DE PICAYO

Fonte: http://reddeparquesnacionales.mma.es/parques/picos/guia_itinerarios.htm

 

Onde ficar

 

Refúgios de alta montanha

Fonte: http://olhares.aeiou.pt/refugio-picos-da-europa-foto863047.html

 

Uma boa rede de refúgios existe no parque sendo necessário saco-cama.

 

Refúgio da Trenosa

Fonte: http://vamosali.blogs.sapo.pt/16273.html

 

Peña Castil

Fonte: http://www.albergue.penacastil.com/

 

27 de Dezembro de 2011

Fulufjället National Park

Fonte: http://www.panparks.org/visit/our-parks/fulufjallet-national-park

 

País:

Suécia.

Localização:

Fulufjället está situado ao centro da península escandinava,  junto à parte noroeste de Dalarna, na fronteira com a Noruega.  Este é parte integrante da região sul da cordilheira escandinava.

Área:

38414 Hectares.

Número de visitantes por ano:

60000

Informações:

http://www.fulufjallet.se

 

Fonte: http://www.panparks.org/visit/our-parks/fulufjallet-national-park

 

O Fulufjället National Park, no sudoeste da Suécia atrai os amantes da natureza, com uma abundância incomum de actividades ao ar livre. É mais um que obteve certificado pela Fundação PAN PARKS, como um parque que promove uma gestão sustentável e uma protecção da sua área selvagem.

No verão possui variadas cascatas de água e no Inverno uma armadura brilhante de gelo. O Njupeskär - a mais alta cascata de água da Suécia - é a maior atração em Fulufjället e um desafio para os alpinistas, que escalam a água congelada com a ajuda de picos de metal afiados.

A paisagem montanhosa circundante é explorada a pé, de esquis ou de canoa. A sua fauna vai desde alces, ursos pardos e castores que vivem nos rios cristalinos. Possui trilhos cobertos de musgo e bagas que convidam os caminhantes a sonhar acordados sob o céu aberto.
Uma experiência inesquecível que este lugar escandinavo nos oferece, com as suas florestas exuberantes, o planalto nu da montanha Fulufjället e os seus lagos.

 

O que ver:

 

A maior cascata de água da Suécia

Fonte: http://www.gopshus.eu/index.php?id=166&L=1

Göljan Valley

Fonte: http://www.panparks.org/visit/our-parks/fulufjallet-national-park

As mais antigas árvores do mundo

Fonte: http://www.flickr.com/photos/vilseskogen/3836892320/

Aurora boreal

Fonte: http://www.communityofsweden.com/photos/photo/?photo=52079

Aldeias rurais / tradicional vida agrícola

Fonte: http://www.panparks.org/visit/our-parks/fulufjallet-national-park

 

O que fazer:

Birdwatching

 

Trilhos de animais

Fonte: http://www.panparks.org/visit/our-parks/fulufjallet-national-park

 

Viagens em trenós puxados por cães

 

Sobreviver no mundo natural

Fonte: http://fr.wikipedia.org/wiki/Fichier:Fulufj%C3%A4llet_national_park_brook.jpg

 

Escalada no gelo

Fonte:  http://www.panparks.org/visit/our-parks/fulufjallet-national-park

 

Sauna

 

Actividades programadas no parque:

 

O trilho do Rei - no topo da montanha Fjäll.

 

Experimente o poder da natureza - Göljan valley.

 

Siga o rasto de lobos,  ursos e muitas mais espécies.

 

Safari Husky - em harmonia com a natureza.

 

Mais informações em:

http://www.dalarna.se/en-GB/Hotell/Fulufjallet1/Fulufjallet/

 

Alojamento

PAN Village Fulufjällsbyn

Fonte: http://www.panvillage.eu/

 

Casa confortável, com uma vista deslumbrante sobre a montanha Fjäll - uma localização perfeita na floresta para explorar a região!

Fonte: http://www.panvillage.eu/

Fonte: http://www.panvillage.eu/

 

 

 

 

Sexta-feira, 25 de Novembro de 2011

Soomaa National Park

Fonte: http://www.panparks.org/visit/our-parks/soomaa-national-park

País:

Estónia.

Localização:

O Parque Nacional está situado na parte sudoeste do país, numa zona rica em florestas.

Área:

39640 Hectares.

Informações:

http://www.keskkonnaamet.ee/soom-eng

Fonte: http://www.panparks.org/visit/our-parks/soomaa-national-park

    O Soomaa National Park situa-se na Estónia, sendo mais um parque europeu pertencente a rede europeia PAN Parks, tendo ainda recebido o galardão de European Destination of Excellence.

    Explorando a "Terra de pântanos”, o Soomaa National Park impressiona com os seus rios sinuosos, florestas e terras infinitas, é sem dúvida uma experiência verdadeiramente especial.

    A água é o ex-líbirs no Soomaa National Park oferecendo extraordinárias paisagens: a névoa sobre os pântanos no início da manhã,  as pitorescas florestas cercadas por água e os rios sinuosos.  E tudo isto está lá para ser explorado de forma divertida e especial, tais como andar sobre a água, canoagem em canoas tradicionais ou explorar a área do parque a partir de passagens suspensas de madeira.  Com um baixo número de habitantes, Soomaa deixa a vida selvagem prosperar:  No início da primavera e outono o uivar dos lobos é sim um som regular, com a possibilidade de encontrar toda a sua rica vida selvagem durante todo o ano, incluindo o castor,  o lince,  o alce ou o lobo.

O que ver:

A maior quantidade de turfeiras naturais na Europa.

A época das cheias

Fonte: http://www.panparks.org/visit/our-parks/soomaa-national-park

Paisagens ribeirinhas

Aldeias vizinhas 

O que fazer:

Birdwatching

Fonte: http://www.panparks.org/visit/our-parks/soomaa-national-park

O trilho dos animais

Fonte: http://www.panparks.org/visit/our-parks/soomaa-national-park

Canoagem

Sauna

Época de Inverno

Snowshoeing  “Caminhar” sobre os pântanos

 

Alojamento

Junsi Holiday Centre

Fonte: http://www.soomaa.com/visitor-info/where-to-stay/accommodation-in-soomaa-national-park/

Este centro situado no parque, disponibiliza alojamento e actividades. Desfrutar da natureza pelos trilhos existentes ou através de viagens de canoa. Em termos de alojamento as casas de madeira e ainda uma sauna tradicional.

Fonte: http://www.panparks.org/visit/our-parks/soomaa-national-park

Fonte: http://www.panparks.org/visit/our-parks/soomaa-national-park

Segunda-feira, 14 de Novembro de 2011

Archipelago National Park

Fonte: www.luontoon.fi

País:

Finlândia.

Localização:

O Parque Nacional está situado num arquipélago na parte sul do país.

Área:

50219 Hectares.

Número de visitantes por ano:

57000.

 

    O Archipelago National Park é composto por 2000 ilhas rochosas e acidentadas, que formam o núcleo da Archipelago Sea Biosphere Reserve, um dos maiores arquipélagos do mundo. É possível encontrar colónias de focas cinzentas e aneladas junto ao mar. O alce e pequenos roedores percorrem as florestas da ilha, muitas vezes varrida pelo vento, com  a águia de cauda branca, o orgulho e emblema do arquipélago, no céu procurando presas.

Como já referido no post anterior a Fundação PAN Parks é uma fundação europeia com o objectivo de proteger a remanescente natureza em estado selvagem na Europa.

O Archipelago National Park é mais um dos parques europeus que obtiveram certificado pela Fundação PAN PARKS, como um parque que promove uma gestão sustentável e uma protecção da sua área selvagem. É um exemplo único de um ecossistema marinho, sendo a única zona marinha no mar Báltico livre de pesca. Regras estritas de protecção da vida selvagem excluem visitantes em determinadas áreas do arquipélago, sendo outras acessíveis com condições, respeitando certas regras, fornecendo  experiências únicas. O kayak é uma boa escolha para explorar esta ecossistema marinho.  

 

O que ver:

 

Mais de 2000 ilhas.

Fonte: www.panparks.org

 

Um ecossistema marinho com muitas espécies.

Fonte: www.panparks.org

 

Uma flora muito rica.

Fonte: www.panparks.org

 

Uma avifauna muito variada.

Fonte: www.luontoon.fi

 

O que fazer:

Kayak no mar.

Fonte: www.panparks.org

 

Mergulhar pelo trilho subaquático.

Fonte: www.panparks.org

 

Velejar.

 

Caminhar pelos muitos percursos pedestres.

Fonte: www.luontoon.fi

Fonte: www.luontoon.fi

 

Esqui.

 

 

Alojamento

 

Merirantala Oy

 

Merirantala Oy é uma empresa familiar criada em 1996. As suas casas de campo bem equipadas e adequadas para o inverno, são a base perfeita para uma estadia encantadora.  Possui vários chalés estão onde impera a paz e permite o descanso e relaxamento, enquanto desfruta do ar do mar e da natureza. 

A empresa tem uma grande variedade de actividades desportivas e de lazer que realiza no parque, com marcação prévia. 

Fonte: www.panparks.org

Fonte: www.panparks.org

Fonte: www.panparks.org

 

Terça-feira, 8 de Novembro de 2011

Oulanka National Park

Fonte: https://www.facebook.com/basecampoulanka

País:

Finlândia.

Localização:

Sul da Lapónia, junto à fronteira russa e do Círculo Polar Árctico.

Área:

27720 Hectares.

   Situado perto do Circulo Polar Ártico, o Parque Nacional de Oulanka é um dos parques que pertencem à Fundação PAN Parks. Uma fundação europeia com o objectivo de proteger a remanescente natureza em estado selvagem na Europa.

Fonte: PAN Parks - European Wilderness

   Os rios do Parque Nacional Oulanka são fortes e selvagens, com quedas até nove metros, um verdadeiro paraíso para os amantes de rafting. Em terra existem trilhos pela bravia floresta Taiga.

Fonte: PAN Parks - European Wilderness

  Oulanka  possui espécies raras como a águia dourada, o urso e o lince. E em Junho as Orquídeas “Calypso”, o emblema da Oulanka National Park.

Fonte: PAN Parks - European Wilderness

  Como local de estadia para os amantes da verdadeira natureza o Parque Nacional de Oulanka possui cabanas rústicas, um hotel, havendo ainda, para os verdadeiros aventureiros, a possibilidade de acampar na margem dos rios.

 

Oulanka Basecamp

         O Oulanka Basecamp é uma empresa que segue uma Estratégia de Desenvolvimento Sustentável. É um parceiro local da Fundação Pan Parks. Além de oferecer serviços de alojamento e restaurante, organiza muitas aventuras.  

Fonte: PAN Parks - European Wilderness

Aventuras que possui:

Rafting

Fonte: https://www.facebook.com/basecampoulanka

Percursos Pedestres

Fonte: https://www.facebook.com/basecampoulanka

Esqui

Fonte: PAN Parks - European Wilderness  

Hotel:

Fonte: http://basecampoulanka.fi/page.asp?pageid=100&title=home

Mais informações: http://www.outdoors.fi/destinations/nationalparks/oulanka/Pages/Default.aspx

 

Oulanka National Park

Data: 13-06-2012

De: tommy1222

Assunto: I am...

I am inquiring this post and thinking of it’s theme and making an attempt to grasp what is this post concerning. <a href="http://bestvigrxplusreview.info">reviews on vigrx plus</a>

Data: 05-06-2012

De: tommy1222

Assunto: I am...

I am probing this post and thinking of it’s theme and making an attempt to understand what is this post concerning. <a href="http://vigrxplus.vacau.com">vigrx plus reviews</a>

Data: 05-06-2012

De: tommy1222

Assunto: I am...

I am looking this post and thinking of it’s theme and attempting to grasp what is this post concerning. <a href="http://vigrxplus.vacau.com">vigrx plus reviews</a>

Novo comentário